dsc_0639_edit


SpotifyFacebook | SoundCloud | YouTube


• F A I X A S  E M  D E S T A Q U E •


• S O B R E  B O M B O  L A R A I •

Chegou a Bombo, LOKURA PLENA!

É na onda do Rock Mestiço que a Bombo Larai mostra a que veio. Costurando com o bom rock sonoridades que circulam pelo sul da América, o caldeirão da Bombo traz a cumbia, a murga, o samba, a milonga, o baião, o maracatu, o candombe, num repertório autoral, enérgico e dançante.

No cenário local, a Bombo Larai já é uma realidade. Com um disco lançado, três vídeo-clipes, uma abertura para a Orquesta Buena Vista Social Club, uma turnê por Buenos Aires e apresentações nos principais festivais do Rio Grande do Sul, o grupo se candidata como uma das promessas do rock no sul do país. Fugindo sempre do purismo, a mistura sonora é a sina da banda. Grooves tradicionais do continente se fundem no palco harmonizados por guitarras distorcidas dando origem a novos ritmos, pintando assim o mapa de uma América mestiça e multicultural.

Ao vivo, a Bombo Larai é alegria, é carnaval! Uma celebração a um continente sem fronteiras, onde nem o idioma pode ser barreira. No palco, o Bombo murguero, instrumento que batiza a banda, é um show a parte, ditando ritmos alucinantes que vão te fazer sentir dentro de um estádio de futebol durante um clássico sulamericano.


• B I O G R A F I A •

Surgida no verão de 2012, a Bombo Larai chegou abrindo cancha e de cara lançou seu primeiro EP, chamado Velho Bairro/Na memória. Nas suas primeiras impressões, a banda já mostrou o que iria perseguir no seu caminho o a percorrer, a mestiçagem musical. Seu primeiro EP ganhou um lugar na galeria de lançamentos do site Rebel Sounds, o maior portal de música mestiça do mundo, o que desencadeou uma série de acontecimentos legais. Entre eles, o alcance da música Velho Bairro, que rodou o mundo em rádios e webrádios da Inglaterra, Argentina, Uruguai, Ucrânia e México, no programa El Color de la Tierra da rádio UAQ FM, para onde a banda deu entrevista. No trabalho seguinte, o EP AGUANTE BOMBO LARAI, deu-se mais um passo para a mistura. Três faixas, Saliva, Remador e Conscedência, que virou videoclipe vencedor em premiação acadêmica na ESPM. Com este trabalho, a Bombo Larai se consolidou como uma banda disposta a romper barreiras sonoras, culturais e geográficas, que a levou a ser convidada para abrir o show da Orquesta Buena Vista Social Club em Porto Alegre no Auditório Araújo Viana e engatar uma tour internacional na Argentina.

Passados esses lindos acontecimentos, a Bombo decidiu que era hora de gravar um disco. Um processo lento, custoso e demorado, mas que finalmente foi concluído. Em 2016, a banda deu a luz a três singles do disco. Primeiro, Nonoai e Cachaça Loka, com videoclipe com cenas do show da banda no Festival Morrostock 2015. Na sequência, com Aguante, a banda realizou a façanha de gravar uma materia especial para o Globo Esporte da RBS TV, como a banda que trouxe o clima de arquibancada para os palcos do Rio Grande do Sul. E numa parceria com o projeto Interior Forte, lançou um belo videoclipe da música com imagens de torcidas e times de futebol do interior do estado.

Desde sua primeira apresentação, a Bombo Larai vem em ascendência no cenário musical independente, recebendo manifestações de apoio e incentivo do público, que é cada vez maior. O Bombo murguero, marca da banda, é um show a parte e nunca passa batido, fazendo o coração de quem estiver presente pulsar ao alucinante ritmo de murga futeboleira.

Para o lançamento do disco, a Bombo Larai firmou uma linda parceria com o selo gaúcho Ué Discos, que será responsável pela distribuição digital e física deste novo trabalho. Com 9 faixas inéditas, 3 já lançadas, a obra traz à tona todo o caldeirão sonoro da Bombo Larai, apresentando uma fusão ritmica incrível com letras inteligentes num clima de festa e sentimento latino-americano. Quem assina a produção do disco, LOKURA PLENA, é o percussionista da banda Guile Cardoso e o produtor Ricardo Leitão. Há ainda a participação de músicos convidados, como Kbça, antigo baterista da Bombo, Saymond Roos, antigo baixista, Ricardo Panela, percussionista e Juan Pinto, el Pumpi, vocalista da banda argentina Feliz Entierro.

A Bombo Larai é Ralf Pires, Diogo Branxs, Eduardo Figueiredo e Guile Cardoso.


• F O T O S •

Este slideshow necessita de JavaScript.